sábado, 27 de outubro de 2012

Ministério do Trabalho apura denúncias de escravidão



Ministério do Trabalho apura denúncias de escravidão
Auditores fiscais vieram de Brasília para verificar situação


Santarém - Um grupo de procuradores e auditores fiscais do grupo móvel de combate ao trabalho escravo, do Ministério do Trabalho, veio de Brasília para o município de Santarém, localizado na região paraense do Baixo Amazonas, para averiguar denúncias de trabalho escravo e infantil na localidade.

Alguns pontos da cidade foram vistoriados para confirmar as denúncias. O lixão de Santo André foi um desses locais visitados, onde a equipe constatou a presença de crianças em prática de trabalho em condições sub-humanas na fabricação de carvão vegetal.

Alguns pontos da cidade foram vistoriados para confirmar as denúncias. (Foto: Reprodução/TV Liberal)


Ficamos impressionados com as condições precárias do local. O local é perigoso, e crianças trabalhando nesse lugar é uma situação inadmissível e o poder público não vai tolerar", afirmou Márcia Medeiros, Procuradora do Trabalho.


De acordo com os procuradores, 13 famílias permanecem em uma área que, segundo o Termo de Ajuste de Conduta (TAC) assinado em 2002 pela prefeitura de Santarém, por ser um lixão, deveria estar isolada, por essa razão, a prefeitura será notificada.
Equipe constatou a presença de crianças em prática de trabalho em condições sub-humanas na fabricação de carvão vegetal. (Foto: Reprodução/TV Liberal)


“A prefeitura de Santarém possui um TAC firmado perante o Ministério Público do Trabalho em que a administração pública municipal se obriga a cercar todos os lixões de modo a evitar o acesso de crianças e adolescentes a essa área de risco. Já há uma execução judicial por parte do Ministério Público do Trabalho neste consórcio com Ministério Público Estadual em face da prefeitura de Santarém visando o cumprimento desse TAC que foi firmado há mais de uma década”, esclareceu o Procurador do Trabalho, Allan Bruno.

A equipe também está apurando denúncias de trabalho escravo em algumas propriedades de Santarém.

A prefeitura de Santarém foi procurada para comentar o assunto, mas por telefone, disse que só vai se pronunciar quando for notificada e a partir daí vai tomar as providências necessárias.


Fonte: Portal no Tapajós

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Justiça Federal garante reintegração pacífica em Belo Monte

A Justiça Federal no Pará efetivou de forma pacífica, no início da manhã desta quinta-feira (18), a reintegração de posse, à empresa Norte Energia AS, do canteiro obras da Hidrelétrica de Belo Monte, na região do Xingu (PA), sem que houvesse qualquer confronto das comunidades indígenas e ribeirinhas com forças policiais.

Índios, pescadores e ribeirinhos, que desde o dia 8 deste mês ocupavam o Sítio Pimental, um dos canteiros de obras da hidrelétrica, decidiram deixar o local após a empresa se comprometer em construir escolas e postos de saúde para a população da região. Entre as reivindicações dos indígenas estão a construção de postos de saúde e escolas, além de informações sobre a reforma da Casa do Índio. Pescadores e ribeirinhos pedem à empresa alternativas de trabalho e apoio a tentativa de revogar a instrução normativa do Ibama, que proíbe a pesca de espécies do rio.

A estratégia para a desocupação pacífica, coordenada pelo juiz federal substituto Marcelo Honorato, em exercício na Subseção de Altamira, foi a de viabilizar a realização de audiências de conciliação entre as partes em conflito, presididas por procuradores federais da Fundação Nacional do Índio (Funai) e do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

As reuniões ocorreram às proximidades da área invadida, possibilitando, assim, ampla participação das lideranças indígenas e ribeirinhas. “A desocupação pacífica do canteiro de obras, sem qualquer resistência ou conflito, é um claro sinal de que lides deste jaez são possíveis de solução por meio de uma intervenção conciliatória por parte do Poder Judiciário”, diz o juiz federal.

Cautela
Na decisão judicial (veja aqui a íntegra) que resultou na realização de audiências, a segurança das autoridades presentes e das próprias comunidades foi objeto de análise especial. Para isso, segundo o magistrado, foram adotadas cautelas que incluíram a atuação de policiais descaracterizados, o que contribuiu para garantir um ambiente de pacificação e um clima propício para a conciliação na sala de audiência.

Segundo o juiz Marcelo Honorato, foi aprovada uma pauta de reivindicações, convergentes com as medidas estipuladas pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) à empresa Norte Energia para amenizar os impactos ao meio ambiente, decorrentes da construção da hidrelétrica. Tais medidas, segundo o magistrado, já constam da própria licença de instalação ambiental, permitindo que as necessidades mais urgentes das comunidades afetadas pelo empreendimento tenham prazos e regras especiais para seu cumprimento.

“A atuação conjunta do Ministério Público Federal, das Procuradorias Federais Especializadas da Funai e Incra foi fundamental para possibilitar a formação de um diálogo sério e pacífico”, diz Marcelo Honorato. Ele ressaltou ainda que “o apoio dos órgãos de segurança pública, Polícia Federal e Polícia Militar do Pará, sob uma atuação mais conciliatória, possibilitou manter a ordem e a segurança durante todo o período de ocupação, sem o uso de força”, afirmou o magistrado.

Fonte: Justiça Federal - Seção Judiciária do Pará

Conanda vai a Altamira (PA) para discutir impacto de Belo Monte na exploração de crianças e adolescentes

Brasília – O Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda), da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH), realiza, a partir de amanhã (18), assembleia em Altamira, no Pará, para discutir o impacto de grandes obras em execução no estado, principalmente da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, na exploração de crianças e adolescentes.

Participam das atividades membros do Conanda, conselheiros tutelares de municípios da região, agentes de segurança e membros da comunidade. A reunião prossegue até sexta-feira (19), sempre a partir das 9h, no Centro Cultural de Altamira e no campus local da Universidade Federal do Pará (UFPA).

Na região, os dados de trabalho infantil e exploração sexual mais que dobraram após o início das obras, segundo estimativa do Conselho Tutelar de Altamira. A principal causa é a presença de cerca de 200 mil pessoas envolvidas com as obras, a maioria homens, segundo o Conanda.

De acordo com a conselheira tutelar em Altamira, Lucenilda Lima, “a maioria dos casos que chega ao conselho é relacionada aos trabalhadores da obra, que usam, aliciam, exploram crianças e adolescentes”. De acordo com ela, “Altamira precisa ser vista com olhar diferenciado”.

O objetivo do Conanda é mobilizar autoridades e a comunidade para uma ação conjunta. “Nós sabemos que grandes obras trazem impactos como violência sexual, homicídios, violência doméstica e trabalho infantil. A rede de serviços dos municípios e do estado não consegue atender às demandas”, explica a presidenta do Conanda, Miriam Maria José dos Santos.

Serão convidados para a assembleia moradores dos 11 mnicípios da região do Baixo Xingu. “Vamos priorizar a estruturação de conselhos nos municípios que ainda não têm um sistema de Justiça estruturado”, informou o ouvidor Nacional dos Direitos Humanos, Bruno Renato Teixeira.
Segundo ele, no próximo ano, a SDH organizará caravanas da cidadania que visitarão os municípios oferecendo capacitação de profissionais, emissão de documento e atendimento direito à população por psicólogos, assistentes sociais e advogados. O objetivo é a integração de quem ainda não é atendido por programas sociais.

A partir das discussões na assembleia, será elaborada a Carta de Altamira do Xingu em Defesa da Criança e do Adolescente. Também farão parte do acordo, os empreendedores do setor elétrico. Sobre a ocupação do canteiro de obras da Usina Hidrelétrica de Belo Monte e demais conflitos que envolvem comunidades tradicionais, o Conanda afirma que não serão abordados na visita.

Edição: Davi Oliveira
Mariana Tokarnia
Repórter da Agência Brasil

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Funai terá que mediar desocupação de Belo Monte, determina Justiça Federal.

 

Foto: Felype Adms.
Segundo nota enviada pela Norte Energia na tarde desta quarta-feira (10), a Justiça Federal determinou reforço na segurança de bens e de pessoas presentes na área invadida por índios e ativistas de movimentos sociais no município de Altamira, que paralisaram as atividades na usina de Belo Monte desde às 19h da última segunda-feira (9).

Indígenas, pescadores e algumas pessoas contrárias à execução da construção integram o movimento em mais de 40 horas de ocupação do canteiro de obras da usina. Segundo a ONG "Xingu Vivo", o principal motivo da ocupação seria o não cumprimento de acordos firmados entre a empresa Norte-Energia, responsável pela construção da hidrelétrica, Ibama e comunidade.

Ainda de acordo com a nota, até o momento, não foi apresentada nenhuma reivindicação ou justificativa pela invasão, e a decisão judicial foi dada em resposta a ação apresentada pela Norte Energia e pelo Consórcio Construtor Belo Monte (CCBM) para reintegração de posse da área ocupada. A nota esclarece também que a na ação, a empresa responsável pelo empreendimento e o consórcio de construtoras contratado para executar o projeto alertam sobre a grande quantidade de veículos pesados e também de materiais que podem ser depredados, além da existência de um paiol de explosivos no local que pode colocar em risco a vida de pessoas que não estivem habilitadas a manuseá-los de forma adequada.
Foto: Felype Adms.
No comunicado, a decisão do juiz federal Marcelo Honorato. "Determino que a Polícia Federal em Altamira coordene o trabalho de segurança das instalação adjacentes, bens de interesse federal, especialmente quanto ao local de depósito de explosivos". O magistrado também determinou que, nas próximas 48 horas, a Fundação Nacional do Índio (Funai) faça a mediação entre a Norte Energia e os índios para uma saída pacífica dos ocupantes.

Diario do Pará.

Suicídio. Homem se joga na frente de caminhão na rodovia Ernesto Acioly.


No inicio da noite de ontem a rodovia Ernesto Acioli foi cenário de um suicídio. Um homem se jogou na frente de um caminhão e acabou tendo a cabeça esmagada, dezenas de pessoas acompanharam o acontecimento.
Era grande a aglomeração de pessoas no local. No momento em que chegamos à rodovia, quem controlava o tráfego de veículos era o próprio corpo de bombeiros que havia sido acionado minutos depois da ocorrência. Segundo testemunhas Flamilton Guimaraes    tinha ameaçado se matar antes de cometer o suicídio na via pública.
O motorista do caminhão que atingiu Flamilton  chegou a ver a vítima no meio da rodovia, mas o acidente foi inevitável.
Este outro caminhoneiro não conseguiu entender o que realmente aconteceu,minutos antes do acontecimento ele havia passado pelo local.
O instituto médico legal esteve n rodovia para realizar a pericia e fazer a remoção do corpo que em seguida seria encaminhado para o IML no Bairro Mutirão, até a manhã desta quarta-feira ninguém havia procurado informações de Flamilton Guimarães.
Por: Sidalécio Souza

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Resultados das Eleições para as cidades da Transamazônica e Xingu.

Prefeito:
-> Altamira Juvenil 41,65% - 19.494 votos
-> Anapu Batista 53,17% - 6.019 votos
-> Brasil Novo Marina Speroto 51,82% - 5.311 votos
-> Gurupá Nogueira 50,56% - 6.505 votos
-> Medicilândia Gaucho 42,15% - 5.383 votos
-> Pacajá Tunico 68,81% 11.882 votos
-> Placas Gauchão 54,72% - 4.843 votos
->Senador José Porfírio Fernando Uchôa 42,16% 2.797 votos
-> Uruará Banha 51,79% 10.859 votos
-> Porto de Moz Edilson 51,93% -7.496 votos
-> Vitória do Xingu Vando 63,06% - 4.801 votos.

MARINA SPEROTTO SE TORNA A PRIMEIRA MULHER ELEITA PREFEITA PELO VOTO DIRETO EM BRASIL NOVO

As eleições para prefeitos e vereadores em todo Brasil aconteceram de forma tranquilidade, foi o que afirmou a presidenta do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Carmen Lúcia, ao fazer um balanço das eleições ontem à tarde.

No Pará, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) confirmou que o pleito seguiu sem graves ocorrências.O Pleito eleitoral em Brasil Novo ocorreu com tranquilidade, apenas algumas divergências entre eleitores sem repercussão no processo eleitoral. Os eleitores do município estivaram preocupados em expressar o voto de forma respeitosa uns com os outros.

Brasil Novo possui 12.534 cadastrados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) distribuído em 39 seções espalhadas no centro Urbano e nas vicinais. Deste número compareceram às urnas 10.821 (86,33%) dos eleitores de Brasil Novo com um número de 1.713 Abstenções (ELEITORES QUE NÃO COMPARECERAM).

O resultado das urnas elegeu Marina Esperotto do PSB com 5.311 um total de (51,82%) dos votos válidos nesta eleição. O candidato Alexandre Lunelli do PT que tentava a reeleição tirou 4.938 o que representa (48,18%) a diferença entre os dois foi de 373 votos.
Além das abstenções de eleitores que não compareceram para votar tiveram 98 votos em Branco (0,91%) menos de 1% e 474 anularam seus votos uma representação de (4,38%).

A classificação dos vereadores eleitos ficou assim:

Pirica – 1.178 votos.
Sérgio Botelho – 660 votos
Toninho Mardegan – 646 votos
Professor Walter – 571 Votos

Santos – 498 Votos
Graça Santos – 498 Votos
Pedro Zani – 456 Votos
Fátima Rocha – 456 Votos
Neto – 452 Votos.

Você pode acompanhar os resultados no site do TSE
http://divulga.tse.jus.br/oficial/index.html.

Por Valdemídio Silva
www.tvcidadebrasilnovo.com.br
Fonte: TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL

sábado, 6 de outubro de 2012

Polícia Desarticula ponto de venda de drogas no Independente 1.

Depois de dois meses de investigações intensas em uma residência a policia civil com a apoio do moto patrulhamento da polícia militar, conseguiu estourar uma boca de fumo no independente 1.

Os policiais civil chegaram na residencia e após técnicas de abordagem conseguiram encontrar o material, o acusado escondeu as pedras de crack no quintal, enterrada. Porém revelou o local em seguida aos policiais que constataram o ilícito, O moto patrulhamento com os policiais Hélio Novaes e Bastos, ajudaram nas buscas aos matérias na residencia.
Uma mulher, uma menor e Charles Silva Braga foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil, com eles a polícia ainda encontrou uma máquina para receber o dinheiro da venda dos entorpecentes, aproximadamente 100 gramas de crack, moedas, dinheiro e um tablete possivelmente fruto de roubo.
“O trabalho foi demorado mas conseguimos prender em flagrante o Charles que já era conhecido da polícia, que já vinha durante um certo tempo vendendo essa droga na cidade” Disse Paulo Mavignier Delegado de Polícia Civil.
Em mensagens de celular amigos de Charles o alertam para a atuação da polícia, porém a polícia foi mais ágil e efetuou o flagrante. Apesar da droga ter sido encontrada na residencia onde também morava dona Juciele Viana, na delegacia ela diz que não sabe como o material foi parar lá.
“Eu não vi essa droga lá em casa, eu moro com o Charles e nunca vi ele envolvido com Drogas, ou vendendo isso ai” Afirmava Juciele Viana Gonçalves, acusada de associação ao tráfico.
A filha de Juciele é a atual namorada do acusado, Charles da Silva Braga não quis gravar entrevista, ele sorria para a imprensa e pedia ao delegado para negociar a prisão. A dupla ficou a disposição da justiça, a menor apreendida foi apresentada a um família e deixou a delegacia ainda durante a noite, Charles e Juciele vão responder por tráfico, associação ao tráfico e podem ainda ser enquadrados no crime de receptação de produtos roubados, as linhas de investigações presididas pelo Delegado Paulo Mavignier e o Investigador Luiz Lago ainda apontam para uma pessoa que fornecia a droga ao casal.
Por: Felype Adms.

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Funcionário da CCBM morre ao cair da janela do ônibus na BR230 Altamira

Na noite de ontem (02)um jovem acabou morrendo ao cair da janela de um ônibus na BR 230.

Foto: Blog siddy souza

Foto: Blog siddy souza

ônibus que presta serviço ao CCBM


Já passavam das 21 horas quando a polícia rodoviária foi comunicada sobre o acidente que aconteceu na altura do km 23 sentido Belo Monte.
Segundo informações da PRF Tiago Sergio dos Santos Ferreira de 25 anos teria caído de uma das janelas do ônibus que faz o transporte de trabalhadores para o chamado sítio Pimental, um dos canteiros de obra de Belo Monte.

AG Karine Lazaroni (PRF Altamira)



Tiago trabalhava como auxiliar de serviços gerais no Pimental. Ao cair da janela a vítima acabou batendo a cabeça em uma pedra, peritos do Instituto Médico Legal,polícia civil e militar estiveram no local do acidente.

O IML têm dez dias para emitir o laudo com as causas morte da vítima.



Por: Geane Cerqueira e Sidalécio Souza

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Gaucho da Entre Rios candidato á prefeito em Medicilândia é considerado inelegível pela justiça do Paraná.

Dando uma olhada em blog´s do interior do Paraná encontrei uma informação que pode mudar os rumos da política/eleição em Medicilândia no Pará.

No http://blogdotarso.com/ de Paraná informações sobre inelegibilidade envolve candidato de Medicilândia.(Atalho para informações: http://blogdotarso.com/2012/06/05/o-tribunal-de-contas-do-parana-divulga-1-098-nomes-inelegiveis/)

O candidato á prefeito Nilson Daniel "Gaucho da entre rios" é considerado inelegível pela justiça do estado do Paraná. A inelegibilidade acontece depois que conselheiros do tribunal de contas do estado do Paraná "desaprovaram" as contas do poder legislativo (câmara municipal da cidade de Nova Esperança do Sudoeste) apresentadas por Nilson Daniel quando o mesmo era presidente da casa de leis.


A análise ou discussão sobre as irregularidades na prestação de contas do exercício 2003 foi acompanhada pelo procurador geral junto ao tribunal de contas Gabriel Guy Léger na sala de sessões em 26 de abril de 2005. O documento que fala sobre a sessão apresenta o procoloco 124827/04.

Diante das informações publicadas pelo blog do Tarso,uma pergunta...COMO FICARÁ A SITUAÇÃO DO GAUCHO EM MEDICILÂNDIA? Porque segundo a própria legislação eleitoral se por ventura o candidato vencer as eleições ele não podera ser diplomado.

Veja o documento falando da desaprovação na prestação de contas de Nilson Daniel.




Veja agora um caso parecido com a de Gaucho se por ventura ganhar as eleições se ele pode ou não ser diplomado. O que dizem especialistas no assunto...
http://www.riograndedonorte.net/2012/06/05/mesmo-inelegivel-pre-candidato-do-pdt-podera-concorrer-as-eleicoes/

Mesmo inelegível, ex-prefeito de Natal ainda pode concorrer às eleições

Inelegível por causa da reprovação das contas de 2008 pela Câmara Municipal de Natal, o ex-prefeito Carlos Eduardo Alves, pré-candidato do PDT a prefeito, poderá concorrer nas eleições municipais de outubro deste ano, desde que ingresse na Justiça com uma ação questionando a sua inelegibilidade e consiga uma liminar. É o que esclarece o advogado Felipe Cortez, especialista em eleições.
Porém, segundo o advogado, enquanto estiver recorrendo, a campanha e eventual diplomação e posse do pré-candidato se dará “por conta e risco” dele. “Caso ele sofra uma derrota no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ele perderá o registro da candidatura, a diplomação e mesmo o mandato, se tiver sido eleito, diplomado e empossado”, explica o advogado.

No começo de maio, o ex-prefeito teve as contas do exercício financeiro de 2008 reprovadas pelos vereadores. A Câmara identificou atos de improbidade administrativa e irregularidades insanáveis na prestação de contas daquele exercício financeiro. A rejeição das contas enquadra o pedetista na lei da “ficha limpa”, caracterizando-o como “ficha suja”. Por conta disso, está inelegível por oito anos.

Cortez: “Perderá o mandato se tiver sido empossado e registro se for na campanha” (Foto: Portal JH)

Para Felipe Cortez, porém, Carlos Eduardo poderá concorrer, inclusive com o registro da sua candidatura indeferido pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Para tanto, porém, terá que pedir na Justiça o afastamento da inelegibilidade que a Câmara lhe impôs. Procurado pela reportagem, o advogado do ex-prefeito, Rodrigo Alves, não foi localizado esta manhã para informar quando deverá ingressar com a ação.

Segundo Felipe Cortez, mesmo que o juiz indefira este pedido (que deverá ser feito), o ex-prefeito poderá disputar normalmente as eleições e, mesmo que perca na primeira instância, poderá recorrer ao Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte e depois até mesmo ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). “Enquanto ele estiver recorrendo, ele poderá participar da eleição, com todos os direitos, fazendo propaganda e participando do guia eleitoral. É um candidato normal, só que vai concorrer por conta e risco dele”, acentua o advogado.

Segundo o especialista, porém, se Carlos Eduardo ganhar a eleição e o registro da sua candidatura for indeferido pelo TSE, simplesmente ele não será diplomado. “Ele concorre por conta e risco, mas a validade da eleição fica diretamente condicionada à obtenção do registro”, afirma Cortez.

Para o advogado, o ex-prefeito disputará a eleição com o risco de ganhar e não levar. “Enquanto estiver recorrendo ele é candidato com o mesmo direito dos demais candidatos. Agora, se chegar ao TSE e o TSE negar o registro, ele perderá o diploma se tiver sido diplomando, perderá o mandato se tiver sido empossado e perderá o registro se isso acontecer no decorrer da campanha”, explica o advogado.

Polícia militar de Brasil Novo, apreende mais de 800 camisas do candidato de Medicilândia

No último sábado (29/09) policiais de Brasil Novo, no Oeste do Pará, apreenderam material com número de candidato a prefeito de Medicilândia (transamazônica), mais de 800 camisas confeccionadas em Altamira foram recolhidas.
O material que ia pra Medicilândia, foi apreendido por volta das 3 horas da tarde, na altura do município de Brasil Novo, por policiais militares da quele município, as camisas foram encaminhadas para a delegacia da policia federal em Altamira por volta das 16 horas.
Foram mais de 800 camisas, elas estavam em um veículo que também foi conduzido para a polícia federal, nas camisas o numero do candidato a prefeito da cidade de Medicilândia, município a 90 km de Altamira.
"A gente recebeu a informação pelo nosso celular de plantão, com as caracteristicas do veículo a gente parou o o casal e realizou a apreensão do material" Disse o Soldado Góes dos Santos da policia militar de Brasil Novo.
A lei 9.840 de 99 é clara: Configura-se crime eleitoral, Constitui captação ilegal de sufrágio a doação, o oferecimento, a promessa, ou a entrega, pelo, candidato, ao eleitor, com o fim de obter-lhe o voto, bem ou vantagem pessoal de qualquer natureza, inclusive emprego ou função pública, desde o registro da candidatura até o dia da eleição.
"Foi lavrado o flagrante contra o casal que estava transportando o material, isso é crime previsto em lei, eles vão responder em liberadade por que a pena ultrapassa um ano de prisão, vamos as providências legais durante essa semana" Disse Paulo Kisner delegado da policia federal de Altamira.

A justiça eleitoral deve ser informada do caso, todas as providencias devem ser tomadas no decorrer desta semana, o site Altamira Hoje tentou contato com a coligação "o progresso continua em Medicilândia" e ainda com o Candidato Ivo Muller do DEM porém ninguém quis comentar o caso, nem justificar a compra do material.

Por: Felype Adms.

Liderança de Juvenil em Altamira é reafirmada por mais uma pesquisa eleitoral.

Com 47% das intenções de votos, o ex-presidente da Assembleia Legislativa do Pará, Domingos Juvenil (PMDB) lidera a corrida pela prefeitura de Altamira, oeste do Estado. Os dados são do Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) que ouviu 400 eleitores no município entre os dias 25 e 26 de setembro. Em segundo lugar, aparece Claudomiro Gomes da Silva do PSB com 25% das intenções de votos.

O terceiro é Délio Fernandes (PR) com 18%. Os eleitores que disseram votar em branco ou nulo somaram 2% e 8% ainda estão indecisos. Esses são os números da pesquisa estimulada, quando são apresentados os nomes dos candidatos aos entrevistados. Na pesquisa espontânea, com os eleitores tendo que lembrar os nomes dos candidatos, Juvenil também lidera. Tem 41% das intenções de votos seguido por Claudomiro com 20% e Délio Fernandes com 17%. Os que disseram votar em branco ou nulo somaram 3% e 20% disseram que não sabem em quem votarão.
Juvenil está à frente também quando o assunto é expectativa de vitória. Em Altamira, 47% dos eleitores disseram acreditar que ele será o eleito independente do candidato em quem votarão. Claudomiro é o favorito para 22% dos eleitores e Délio, para 15%. Os que disseram não saber somaram 17%.

A pesquisa do Ipespe está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Pará sob o protocolo PA. 00183/12 e a margem de erro é de 4.9 pontos para mais e 4.9 pontos para menos em um intervalo de confiança de 95,5%.
O Ipespe avaliou também a taxa de rejeição dos candidatos. Délio Fernandes lidera com 47% dos eleitores afirmando que não votariam nele de jeito nenhum. Juvenil tem a segunda maior taxa. Dos eleitores ouvidos, 30% disseram que não votariam nele e 26% não votariam em Claudomiro. Os entrevistados que poderiam votar em qualquer um dos candidatos somaram 9% e 7% disseram não saber.

A pesquisa avaliou também o índice de aceitação das atuais gestões municipal, federal e estadual. A atuação da prefeita do município, Odileida Sampaio (PSDB) foi avaliada como boa ou ótima para apenas 12% dos eleitores. Para 22% a gestão é regular e para 14% é ruim. Já 51% disseram que atual gestão municipal é péssima. Apenas 19% dos eleitores disseram aprovar a forma como Odileida administra a cidade e outros 79% desaprovam. Os que disseram não saber somaram apenas 2%.

A gestão do governador Simão Jatene é considerada boa ou ótima para 33% dos eleitores de Altamira. Para 32% a gestão de Jatene é regular; para 6% é ruim e 12% disseram que o governo é péssimo. Os que não responderam somaram 18%. A gestão da presidente Dilma Rousseff foi considerada boa ou ótima por 67% dos entrevistados. Para 23%, o governo federal é regular. Os que disseram que o governo é ruim ou péssimo somaram 3% e 4%, respectivamente. Apenas 4% não responderam.

O Ipespe mediu também o nível de satisfação dos cidadãos de Altamira com a vida que estão levando. Os que disseram estar muito satisfeitos somaram 7%. Os satisfeitos são 74% e os insatisfeitos, 17%. Apenas 1% disse estar muito insatisfeito e 1% não respondeu.
(Diário do Pará

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Duas pessoas morrem durante acidente na estrada da serrinha em Altamira.

Na tarde de desse ultimo domingo um grave acidente aconteceu na estrada da Serrinha duas pessoas morreram na hora.
Foto: Blog siddy souza

O acidente com vitimas fatais aconteceu por volta das quatro horas da tarde, envolvendo duas motocicletas. A guarda municipal e os agentes do DEMUTRAN estiveram no local.

Enivaldo de Oliveira que mora nas proximidades chegou a ouvir o barulho do acidente.

Foto: Blog siddy souza
As vitimas Cicero dos santos de trinta anos o rapaz sem camisa, conduzia a motocicleta modelo pop, e trazia um carona o que foi levado pelo corpo de bombeiros em estado grave para o hospital regional da transamazônica, Cicero era pai de dois filhos de 8 e 6 anos e residia no bairro conhecido por bacana , A outra vitima se chamava Jader nascimento de também trinta anos ,deixou duas filhas uma de sete e outra de oito meses de idade , Jader trabalhava nos correios e residia no Cupiuba , segundo informações de familiares ele estava voltando para casa depois de realizar um trabalho em uma igreja da comunidade. O sogro de Jader, Valdecir Caetano estava revoltado com a demora da chegada do IML, que durou mais de três horas.

Foto: Blog siddy souza

A família entrou em desespero ao chegar no local. A passagem ficou interditada, varias pessoas paravam para ver de perto o acidente, o IML chegou para realizar os procedimentos necessários e fazer a retirada dos corpos.

Nota pé: O Instituto Médico Legal informou que demorou para atender a ocorrência porque dependia de uma requisição da polícia civil, requisição esta, para remoção dos corpos do local. Com relação a terceira vítima que sobreviveu durante o trágico acidente, passa por uma bateria de exames no HRPT Hospital Regional Público da Transamazônica em Altamira.
Por: Geane Cerqueira
Finalização: Sidalécio Souza